Equipe de Suporte do Departamento de Informática
Rio, 22/9/2017.
virus

Não abra aquele email do Serasa: é tudo mentira!

Ataques de phishing crescem assustadoramente

O phishing , palavra usada para designar mensagens falsas que levam a sites igualmente falsos para enganar usuários incautos, cresce sem parar, lá fora e no Brasil. Dados de monitoramento desse tipo de atividade dão conta de que, só em janeiro último, surgiram 12.845 mensagens falsas na rede, um total 42% maior que no mês anterior. E o número de websites fraudulentos por trás das mensagens aumentou de 1.740 para 2.560.

No Brasil, só em novembro e dezembro de 2004, foram detectados, a cada semana, o surgimento de duas novas variantes de keylogger (programa que coleta o que é digitado no teclado pelo usuário e o envia ao cracker) e entre dez e 15 novos sites usando este tipo de código. Já de fevereiro para cá, a cada semana, são cerca de dez novos keyloggers e cem sites fraudulentos que os empregam.

Trata-se de um dos piores tipos de ataque virtual, pois funciona como spam (envio de mensagens indesejadas) e não há antivírus que remedie a inocência de um usuário diante de apelos por email sobre sua situação bancária, por exemplo.

Os emails mais comuns são os que pedem dados bancários da pessoa, os que avisam da chegada de cartões virtual, e, também, mensagens falsas alertando que o destinatário está com o nome sujo no Serasa.

Fonte: Informatica ETC

http://info.abril.com.br

Saiba Mais


Avisos Importantes | Utilitários | Mapa do Site | Downloads | Suporte Online | Webmail Pós-Graduação | Webmail Graduação


© Copyright 2013 Departamento de Informática PUC-Rio - Todos os direitos reservados